• banner-cldigital2
  • banner-cldigital1
  • banner-cldigital3
  • banner-cldigital5

A história da hashtag no Twitter

11 de novembro de 2014

Categorias:

post-cl-hj1 A história da hashtag no Twitter

“Essas coisas são para nerds. Isso nunca vai pegar.” Essa foi a resposta do Twitter à sugestão de Chris Messina, estudante americano de design de comunicação, que propôs usar o símbolo # (hashtag) para agrupar mensagens de um mesmo assunto publicadas no microblog, marcadas por um nome comum.

Passaram-se sete anos e as hashtags não apenas tomaram o Twitter e a Internet, como também se transformaram numa espécie de linguagem social, usada em diferentes meios de comunicação – de campanhas publicitárias a cartazes em protestos. Mas esse sucesso não foi tão espontâneo quanto parece, nem Messina o único criador desta ideia.

 Antes do Twitter, outros tipos de redes sociais já usavam o chamado símbolo do “jogo da velha”, para sinalizar o tema de grupos de conversa. Ela era muito comum nos tempos de IRC, para marcar o nome de uma sala de bate-papo. A mesma lógica era usada para classificar canais no Jaiku, uma espécie de concorrente do Twitter, depois comprado pelo Google e descontinuado.

Messina inspirou-se nessas experiências para criar uma solução para o problema do então recente microblog, criado em 2006: a organização. Ainda que o Twitter fosse muito bom para a publicação rápida, era um tanto difícil de navegar pelos tuítes dos diversos usuários.

O estudante buscava uma maneira de organizar os diferentes posts em canais de conversa, até que pensou em links através dos quais os usuários pudessem acompanhar o que estava sendo falado sobre os temas de seu interesse. Uma forma de fazer isso era sinalizar o assunto do post com um marcador.

Ele também ressaltou a diferença entre a ideia e a marcação com arroba (@), usada para marcar usuários nas mensagens.

A primeira hashtag no Twitter é de autoria de Messina, no tuíte que já se tornou uma peça histórica.

Em julho de 2009, ao perceber que a invenção de Messina não era tão impopular, o Twitter adotou oficialmente a hashtag. Desde então, todos os termos precedidos por “#” se transformam automaticamente em links, que levavam à lista de publicações que compartilham do mesmo marcador (tag).À partir daí, a inovação ganhou vida própria. A comunidade online desenvolveu novos usos para a ferramenta. As hashtags viraram uma forma de comunicação cultural, típica do momento em que vivemos: resumem um sentimento ou uma ideia, em uma única expressão, que é imediatamente compreendida pelos leitores.

 

Fonte: techtudo.com.br

logo1-300x300 A história da hashtag no Twitter

Mais posts de CL Digital

Comente:

Comentários

A Agência de marketing digital CL Digital Marketing é focada em Criação de Sites, SEO (Search Engine Optimization), Links patrocinados e Mídias Sociais. Criação de sites personalizados, (SEO) otimização de sites para os mecanismos de busca, (SEM) Estratégia de Marketing para Links Patrocinados e integração nas principais Mídias Sociais (Facebook e Twitter).

CL Digital Marketing
Av. Presidente Vargas 590 - sala 1010 , RJ
CEP: 200.71.000
Tel: (21) 3559-0112
Cel: (21) 97431-5849 / Cel: (21) 97407-4137

Atendimento: Segunda a Sexta de 9h às 18h

comercial@cldigital.com.br
suporte@cldigital.com.br

Agência de Marketing Digital | Marketing Digital RJ | Links Patrocinados Agência de Marketing Digital | Marketing Digital RJ | Ícone Linkedin Agência de Marketing Digital | Marketing Digital RJ | Ícone Facebook
Links Patrocinados RJ | Links Patrocinados | Links Patrocinados